Posts

Tipos de queimaduras

A gravidade de uma queimadura depende do tipo de queimadura e da extensão da área queimada. Existem três tipos de queimadura: 1.° grau, 2.º grau e 3.° grau. Uma vítima com uma queimadura profunda pode perder a sensibilidade na zona afetada, porque os tecidos e os nervos são destruídos.

  • Queimadura de 1.° grau

Afeta apenas a camada superficial da pele e causa rubor e edema. Não é grave a não ser que seja extensa. Com os cuidados adequados resolve em poucos dias.

  • Queimadura de 2.° grau

E uma queimadura mais profunda e afeta várias camadas da pele. Dá origem a flitenas (bolhas) e necessita de observação médica. E um tipo de queimadura que resolve bem, mas, se for extensa, pode ser grave e mesmo fatal.

  • Queimadura de 3.° grau

Este tipo de queimadura afeta todas as camadas da pele e pode destruir os nervos e os tecidos subjacentes. A pele pode apresentar-se pálida ou carbonizada. Este tipo de queimaduras requerem atenção médica urgente.

Mais Termos Relacionados:, , esquema identificando as camadas da pele com queimadura.

Corpos estranhos no nariz

Esta é uma ocorrência frequente com crianças. Os corpos estranhos podem causar obstrução e infeção.

SINAIS E SINTOMAS

  • Dificuldade respiratória e/ou ruído na respiração pelo nariz.
  • Edema do nariz.
  • Corrimento nasal fétido ou sanguinolento.

Objetivo

  • Tranquilizar a vítima.
  • Obter observação médica.

Mantenha a vítima quieta e tranquila; peça-lhe para respirar pela boca.

LEVE OU ENVIE A VÍTIMA AO HOSPITAL

NÃO tente remover o corpo estranho com os dedos ou com qualquer instrumento mesmo que o veja.

Queimaduras com agente químicos

Muitas substâncias usadas em casa, oficinas ou na indústria, podem lesar seriamente a pele ou os olhos; deve atuar rapidamente para remover a substância da pele ou dos olhos da vítima. Proteja-se e assegure-se de que a água contaminada, usada na limpeza da vítima, não constitui perigo para ninguém.

SINAIS E SINTOMAS

  • Produtos químicos perto da vítima.
  • Picadas dolorosas.
  • Descoloração da pele, edema e flitenas.

Queimaduras químicas no olho:

  • Incapacidade para abrir o olho.
  • Lacrimejo e edema do olho.

QUEIMADURAS NA PELE

Objetivo

  • Remover o químico.

Necessitará:

  • Luvas descartáveis.
  • Compressas esterilizadas.
  • Água fria corrente.

1.LAVE A ÁREA AFETADA COM ÁGUA CORRENTE FRIA
Lave a área afetada com água corrente fria durante pelo menos 20 minutos para diluir o químico.

2.REMOVA ROUPAS CONTAMINADAS
Retire quaisquer roupas contaminadas enquanto lava a área. Após a lavagem cubra a queimadura com compressas esterilizadas e, se necessário, trate o estado de choque.
LEVE OU ENVIE A VÍTIMA AO HOSPITAL

QUEIMADURAS NO OLHO

Objetivo

  • Remover o químico.

Necessitará:

  • Luvas descartáveis.
  • Compressas esterilizadas.
  • Água fria corrente.

1.DEIXE CORRER ÁGUA PARA O OLHO AFETADO
Mantenha o lado afetado debaixo de água corrente durante 20 minutos. Posicione a cabeça de modo a que a água contaminada não escorra face abaixo.
LEVE OU ENVIE A VÍTIMA AO HOSPITAL

2.CUBRA O OLHO AFETADO COM COMPRESSAS ESTERILIZADAS
Quando a dor cessar, peça à vítima para segurar uma compressa sobre o olho.

Se a vítima mantiver as dores, continue a lavar o olho em água corrente.

Traumatismos Cranianos

Qualquer pancada suficientemente forte para causar uma equimose (nódoa negra) ou uma ferida no couro cabeludo pode fraturar o crânio e/ou originar uma concussão, que não é mais do que uma perda transitória de consciência, causada pelo abanar violento do cérebro dentro do crânio. A concussão pode resultar também de uma força indireta, como o aterrar abruptamente sobre os pés numa queda. E, normalmente, seguida de recuperação total. No entanto, a vítima deve ser vista por um médico o mais rapidamente possível, porque podem existir efeitos retardados, como o edema (inchaço) do cérebro, que tomam a inconsciência cada vez mais profunda.

SINAIS E SINTOMAS
Concussão:

  • Período da inconsciência.
  • A vítima pode estar atordoada e confusa à medida que recupera a consciência.
  • A vítima pode vomitar.
  • A vítima pode não recordar o incidente, nem os acontecimentos que o precederam.

Se existir fratura do crânio, pode existir:

 

  • Corrimento de sangue, ou líquido sanguinolento, proveniente do nariz ou do ouvido.
  • Alterações de coloração em redor das pálpebras ou na parte branca do olho.
  • Hemorragia do couro cabeludo.
  • Possíveis fraturas abertas; são particularmente perigosas.

Se existirem complicações:

  • As pupilas do olho podem tornar-se anormais ou ter tamanhos diferentes.
  • Se o pulso estiver anormalmente lento.

PARA UMA VÍTIMA CONSCIENTE
Objetivo
Fazer os possíveis para que a vítima tenha uma recuperação completa.
Mesmo que a vítima pareça estar bem, lembre-se que existem reações retardadas.

ACONSELHE A VÍTIMA A CONSULTAR UM MÉDICO

PARA UMA VÍTIMA INCONSCIENTE
Objetivo
Manter as vias aéreas abertas e, se necessário, executar a RCP.
Enviar a vítima ao hospital.

1.COLOQUE A VÍTIMA EM PLS
Abra as vias aéreas da vítima e verifique a ventilação. Coloque-a em PLS e assegure-se de que as vias aéreas se mantêm abertas.

2.VIGIE O ESTADO DA VÍTIMA
Registe a ventilação, o pulso e a respostas.
Se a recuperação for rápida, verifique as respostas e esteja atento a sinais de deterioração.

Se surgirem complicações, ou se a vítima estiver inconsciente por mais de três minutos, CHAME UMA AMBULÂNCIA.